terça-feira, 22 de março de 2011

EM 1972 DAVID CASSIDY DESCOBRE O VERDADEIRO PREÇO A PAGAR PELA FAMA - PARTE I


Texto de Gueeva. Inspirado e adaptado do livro "Could It Be Forever - My Story," Autor David Cassidy, Editora, The Sunday Times Bestseller - Imagem 1 Fonte: www.fanpix.net - Demais Imagens Fonte: Arquivos de Gueeva - Vídeo Fonte:www.youtube.com

EM 1972, DAVID CASSIDY DESCOBRE O VERDADEIRO PREÇO A PAGAR PELA FAMA-PARTE I

Desde 1970, David Cassidy vinha interpretando o doce personagem "Keith Partridge", no seriado "The Partridge Family", na Rede Americana ABC de TV.

Keith era um jovem músico, assim como David Cassidy. Mas o exemplo de um adolescente perfeito!!! Tão perfeito que o próprio David, sentía-se sufocado por ele. David era um ser humano, não um personagem.

Mas Keith Partridge começava a ganhar vida própria. E as pessoas confundiam (o que até hoje é comum ocorrer...) o ator com o personagem.


O Angelical Keith Partridge começa a adquirir alma própria perante o público.


David queria mostrar-se como ele sempre foi. Alguém muito amoroso, mas sujeito a erros, como qualquer ser humano. Mas em 1972 ele tinha despontado como grande ídolo teen do Pop Rock, paralelamente às gravações do seriado "Partridge Family."


Foi então que tudo começou a sair fora de controle....


Entre 1972 a 1973, David com 22 anos de idade estava "literalmente" deslumbrado com sua meteórica fama, mas também assustado com ela. E sentía-se cada vez mais sozinho...

Seus shows ao vivo, começaram a tornar-se palco de histeria coletiva de fãs completamente enlouquecidas. Obviamente, nem todas as fãs de David eram assim. Mas naquele ano a grande maioria de seu público foi contagiado pela Cassidy-Mania...


O Efeito Cassidy Mania: Todas as adolescentes queriam David Cassidy. Seu rosto era estampado em camisetas, lancheiras escolares, em jornais, fanzines, revistas. Suas músicas eram ouvidas em rádios, tv, e em seus discos.
Enfim, David Cassidy estava em todos os lugares. Ele chegaria a afirmar:
- Para onde eu me viro, eu encontro uma foto minha, eu não aguento mais isso.


Sobre shows ao vivo, vale lembrar que naqueles tempos os sistemas de segurança p/ artistas e público eram precários, comparados aos sofisticados sistemas de hoje em dia. No início dos Anos 70, David Cassidy conseguiu mais fama que Elvis Presley e os Beatles juntos. E em pouquissimo tempo!! Era um feito sem precendentes !!

Ele tornou-se uma verdadeira epidemia entre adolescentes, pricipalmente do sexo feminino. Pois seu rosto angelical e sua afetividade natural, atraíam rapidamente o sexo oposto.

No mundo da música, David era visto como um verdadeiro filão de ouro a ser explorado ao máximo !! Muitas pessoas lucraram de forma ilícita com seu nome. E mesmo assim ele continuava a render muito. Mas muito dinheiro mesmo, principalmente para o mercado da Música.

A inexperiência do jovem David foi um alvo fácil para fanzines e produtos. Alguns destes ítens não licenciados, utilizaram seu nome a vontade, e lucraram muito com ele.

David jamais têve um retorno financeiro destes empreendimentos não licenciados, que pipocavam no mercado.


(* Lembremos: um jovem de 22 anos em 1972, perderia de longe em experiência para um jovem da mesma idade nos dias atuais.)

Assim tomou corpo a Cassidy-Mania. Adolescentes lotavam seus shows e o barulho era realmente ensurdecedor.

Algumas vezes a emoção de ver seu ídolo ao vivo era tamanha, que muitas fãs invadiam o palco. Desmaiavam nele e saíam de maca desacordadas por seguranças e médicos.

Certa vez David têve de usar toda sua coragem (e carinho, pois ele sempre foi uma pessoa sensível e amorosa); e mesmo diante de um caos, pediu encarecidamente a uma multidão de fãs, silêncio e ordem, caso contrário ele interromperia o show.

Para David sair dos palcos, a loucura era ainda maior. O jovem cantor precisava correr após a última música, ser erguido por dois musculosos seguranças, que literalmente o lançavam para dentro de um carro blindado.

Neste meio tempo, um séquito de limusines eram enviadas para outra direção, como chamarizes. O objetivo; desviar a atenção e entusiamo das fãs mais ensandecidas.

Muitas delas subiam nas limusines, e chegavam a quebrar seus vidros ou amassar a lataria dos veículos, imaginando que David estivesse ali.

Nenhum dos melhores hotéis de Mannhatan queriam David Cassidy como hóspede também. Ninguém aquela altura dos acontecimentos, desejava ter seu estabelecimento cercado por fãs ruidosas, ou com o risco de ser invadido por elas.

video

David saindo de um show no Reino Unido, em 1973. A Cassidy Mania ainda persistia...Até quando uma pessoa poderia aguentar tudo isso ?


David Cassidy então saía de seus shows, exausto c/as pernas e o corpo doendo, e ainda todo suado. Ele era levado por seus seguranças, direto ao seu carro blindado, somente com a roupa do corpo. O carro blindado também não estava a salvo das fãs mais afoitas. Elas subiam pela lataria do veículo e batiam nele berrando pelo nome de David.

Já dentro do veículo blindado, David era encaminhado para motéis baratos em subúrbios. E sempre com um pseudônimo. Ele nunca sabia onde iria ficar...

David era então deixado num quarto pouco iluminado e trancado. No quarto, apenas uma banheira para tomar um banho, e uma muda de roupas. Lá estava num cubículo, um jovem milionário da Música. Literalmente esgotado, sem dinheiro algum e num lugar totalmente desconhecido.

Ele só poderia ficar ali, a espera de seus guarda-costas para virem buscá-lo. Nada mais ! Só desta forma, ele conseguiria retornar p/ sua casa em segurança.

David sentiá-se destroçado como ser Humano e se perguntava nestas horas:

- O que estou fazendo de minha vida ???

Seu pai Jack Cassidy,(que foi um pai extremamente ausente, somente ao final de sua vida arrependeu-se de sua negligência para c/ David e sua família), na época sentiu-se ofuscado com o sucesso do próprio filho. E assim atingiu como uma flecha, a ferida que formáva-se em David.

Ele chamou o filho de "um macaquinho de jaula". E ainda declarou em entrevistas que David era como uma "estrela-chiclete", cuja bolha iria estourar em breve.
Mesmo magoando-o muito, David jamais deixou de amar seu Pai, e o ama até hoje.

Mas com todos estes acontecimentos avassaladores em sua vida, David Cassidy decidiu mudar o rumo de sua fama, antes que fosse por ela esmagado.

Seu grito de liberdade chocou a muitos, e o fez perder muito dinheiro e prestígio.

Mas naquele momento ele precisava fazer aquilo, foi a única saída que ele encontrou....



Com Amor...

Gueeva